Lançado pela grande fabricante de brinquedos Estrela na década de 80, o fantástico jogo Genius agora ganha sua versão em Arduino! E neste tutorial você vai aprender a construí-lo!

O que vamos precisar?

1 Arduino, pode ser o Uno ou Duemilanove (com cristal, soquete  e capacitores para ser montado “Standalone”)
4 Push bottons
4 Leds de cores diferentes
4 Resistores de 220 Ohms
1 Mini autofalante
1 Bateria de 9 volts
1 Clip de baterias
1 Regulador de tensão 7805
1 Chave liga/desliga
1 Capacitor cerâmico de 100nf
2 Parafusos pequenos
Jumpers (qualquer pedaço de fio serve)

Você pode fazer a montagem em uma Protoboard, e acomodar os componentes em uma caixa de plástico, madeira ou até mesmo de papelão.

Caso você tenha acesso a uma impressora 3D disponibilizamos os arquivos .STL   CASE GENIUS  para você imprimir o case plástico igual ao nosso.

O nosso foi impresso em plástico PLA e levou cerca de 4 horas a impressão com 0,2 mm de camada.

Os botões escolhidos são de acrílico transparente (os mesmos usados em jogos de Arcade).

Desmontamos os botões fizemos uma pequeno furo com uma broca 5mm para colocar o led dentro do botão e fazer a luz do led se propagar pelo botão, mas nada impede que o led seja colocado ao lado do botão para indicar a sequência.

Para economizar espaço optamos por soldar os resistores diretamente no corpo dos leds, e soldar também 2 jumpers.

Soldamos mais uns jumpers na chave e nos terminais do autofalante.

Agora vamos começar a juntar todo este quebra-cabeças, hehe! Lembrando que peças impressas, ás vezes necessitam de pequenos reparos pois ficam rebarbas e podem ser ajustadas como auxílio de um estilete ou alicate de corte.

Detalhe da parte inferior, com os botões, os leds e a chave.

O autofalante (que foi retirado de um gabinete de computador antigo) foi colado com cola quente nos 4 cantos, deve-se tomar cuidado para que ele não fique encostando na chave. Aproveitamos para soldar todos os GND juntos (botões, leds e autofalante).

O tipo de montagem que vamos fazer para o Arduino é o “STANDALONE”, desta forma conseguimos compactar um pouco mais o Arduino para que ele caiba dentro do case plástico.

O circuito completo pode ser visto abaixo montado em uma Protoboard.

 

Montamos o nosso usando uma placa padrão perfurada e como vemos  ficou bem pequeno.

Nesta etapa é onde vamos programar o Arduino, para isso usamos um Arduino comum e depois removemos apenas o chip (ATmega328) já programado,  como vamos trabalhar com sons necessitamos incluir a biblioteca  TONE.h, que você pode baixar o código completo + a biblioteca neste link CÓDIGO + BIBLIOTECA TONE.

Agora finalizamos as ligações na placa e usamos fita dupla face para colar o circuito na bateria de 9 volts, todo o conteúdo ficou bem justo no case, evitando assim que algo fique balançando e danifique os componentes.

Para fechar o case usamos parafusos e a tampa impressa.

Pronto, vamos testar!

Até mais!

Author

Empreendedora na área de tecnologia há 18 anos, evangelista do movimento maker atua incentivando a maior participação feminina no mercado de TI e à frente de Startups. Atualmente é mestranda em Informática na Educação, desenvolve pesquisas e projetos educacionais com Impressão 3D, Programação e Robótica para crianças e adolescentes em Escolas e Universidades.

Comments are closed.